Domingo, fui me deitar no horário de costume, próximo de uma da manhã. Nessa semana, eu estava dormindo na sala, enquanto minha mãe se aproveitava do meu quarto na sua rápida passagem por São Paulo.

Estiquei o colchonete perto da TV e me acomodei, não sem antes…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários