Quando você foi embora, fez-se noite em meu viver, Milton. Forte eu sou, mas não tem jeito: hoje eu tenho de chorar. A vida é feita de encontros e despedidas, você nos ensinou. Tem gente que veio e quer voltar, tem gente que vai e quer ficar, mas não é fácil saber que nos bailes da vida, num bar em troca de pão, nós não o veremos mais cantando que toda forma de am...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários