De forma silenciosa, a hepatite A chegou aos poucos na vida da pensionista Maria de Fátima Jesus Benedetti, 67. Primeiro, a goiana começou a sentir uma dor no estômago e, mais tarde, um inchaço incomum no abdome. O tempo foi passando e ela já não conseguia ingerir nenhum tipo de alimento sem ter ânsia de vômito. Em maio, durante o mês de conscientização da hepatit...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários