Começou a ser discutida no Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) a partilha de bens da cantora Marília Mendonça, morta em novembro de 2021 em um acidente aéreo. De acordo com informação publicada pelo colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, a análise da herança da sertaneja começou no fim de dezembro e corre em segredo de justiça. Segundo estimativas, o fatu...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários