Após cinco meses de paralisação, Irã e potências ocidentais retomaram nesta segunda (29) em Viena as negociações sobre o acordo nuclear que estabelece mecanismos de controle no programa atômico de Teerã, com o país tentando suspender as sanções internacionais em meio a ceticismo generalizado. A expectativa inicial era salvar o acordo de 2015, que foi abandonado pelo e...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários