Ainda resta uma esperança

Nesses tempos estranhos em que a guerra recrudesce na Ucrânia, com a insistência beligerante e ambiciosa da Rússia, tudo, para variar, por conta do poder ditatorial e econômico; nesses tempos em que por motivos fúteis, homens matam mulheres e…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários