Cidades estão em constante mudança. E a modernização do comércio tem se mostrado mundo afora importante instrumento de revitalização das áreas comerciais no centro das cidades.

O modelo para encarar esse desafio passa por conseguir uma maior participação do setor privado neste esforço conjunto, assim como
a necessidade de financiamentos, que não só os subsídios públicos.

Cidades do mundo inteiro apostam nessa fórmula, com resultados sociais favoráveis. A própria Buenos Aires, na Argentina, serve de inspiração a projeto que, segundo reportagem na edição de ontem, começa a germinar em Goiânia.

Com investimento de R$ 100 milhões em parceria público-privada, o amplo projeto de revitalização da Rua 44 nasce interligado com as melhorias do transporte coletivo da capital, pensando desde já em diferentes modalidades de acesso. Trata-se de um processo que merece atenção da sociedade.

Até porque, nessa lógica, o empresariado deixa de lado a concorrência para se fazer parceiro na revitalização. Apenas um investimento continuado nas cidades pode transformá-las em locais ordenados de modo a poderem atrair mais consumidores e mais visitantes, com resultados satisfatórios para todos.