As perdas salariais da magistratura brasileira, acumuladas nos últimos 15 anos, batem os 44,7% sobre os ganhos que teve o salário mínimo. Da mesma forma que outras categorias do serviço público, a realidade vivida é de atrasos nos reajustes salariais. E quando, enfim, são concedidos, vêm com índices bem abaixo da perda inflacionária…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários