A Secretaria de Controle Externo de Aquisições Logísticas do Tribunal de Contas da União (TCU) entendeu que existem indícios de irregularidades em contrato do Laboratório Farmacêutico da Marinha com a empresa EMS/AS na compra de 11 milhões de comprimidos de citrato de sildenafila, popularmente conhecido como Viagra. Diante disso, a área técnica recomendou a aber...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários