De volta ao mundo político desde que deixou a prisão neste ano, o ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha planeja retornar à Casa pelas eleições de 2022. Nesta entrevista ao POPULAR, ele diz não ter se arrependido de protagonizar o processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, faz críticas ao ex-juiz Sérgio Moro e diz que não acompanha a política...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários