Em despacho destinado à presidência do Tribunal de Justiça de Goiás (TJ/GO), o diretor do Centro de Saúde, Paulo Henrique Fernandes Sardeiro, sugere que os servidores, colaboradores e estagiários, sejam dispensados da atuação presencial no órgão. O documento se baseia em dados do boletim integrado de Covid-19, desta quinta-feira (13), divulgado pela Secretaria Estadu...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários