Na quietude da primeira semana de janeiro, quando boa parte das pessoas se recuperam dos excessos das festas de fim de ano, a Câmara de Goiânia resolveu trabalhar e votar de forma intempestiva a revisão do Plano Diretor de Goiânia (PDG). O espetáculo da misteriosa gana para trabalhar nas férias não foi…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários