O projeto de lei enviado pelo Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) à Assembleia Legislativa do Estado que prevê a criação de 33 varas judiciais, seis cargos de desembargador e centenas de cargos de servidores auxiliares motivou um pedido de providências junto ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), apresentado pelo Sindicato dos Servidores e Serventuários da Justiça do E...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários