Ao sancionar a lei que permite privatização de cinco estatais goianas, na semana passada, o governador Ronaldo Caiado (DEM) vetou artigo que possibilitava a incorporação de funcionários das empresas na administração pública. Assim, quase 900 empregados podem ser demitidos no processo de desestatização.Aprovada pela Assembleia Legislativa e defendida pelo Sindicato dos Tra...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários