Goiás chega ao último dia das convenções partidárias, nesta sexta-feira (5), com nove nomes colocados para a disputa pela única vaga do estado no Senado Federal. 

Ficaram marcadas para esta sexta as convenções estaduais de partidos como o União Brasil, MDB, Patriota, Republicanos, Progressistas e PSD, além das federações do PSDB com o Cidadania e do PT com o PCdoB e PV. O Novo, PL, UP, PCB e a federação do PSOL com a Rede já fizeram suas convenções.

Apesar do prazo para as convenções se encerrar nesta sexta, os candidatos têm até 15 de agosto para registrar suas candidaturas, de acordo com o calendário eleitoral. A campanha começa no dia 16. A eleição em primeiro turno está marcada para 2 de outubro. 

Confira, por ordem alfabética, quais são os candidatos a senador colocados até agora: 

Alexandre Baldy (Progressistas): ex-deputado federal e ex-ministro das Cidades, que preside o Progressistas goiano.

Denise Carvalho (PCdoB): a jornalista também representa a federação PT/PCdoB/PV na disputa pelo Senado.

João Campos (Republicanos): deputado federal e presidente do Republicanos em Goiás.

Leonardo Rizzo (Novo): o dono de imobiliária em Goiás estreia na disputa.

Manu Jacob (PSOL): professora e ex-candidata a prefeita de Goiânia.

Marconi Perillo (PSDB): ex-governador de Goiás e ex-senador, que preside o PSDB goiano.

Vilmar Rocha (PSD): ex-deputado federal e presidente do PSD goiano.

Waldir Soares (UB): deputado federal e vice-presidente do União Brasil em Goiás.

Wilder Morais (PL): ex-senador da República e vice-presidente do PL goiano.