O reenvio do Plano Diretor à Câmara de Goiânia, previsto para até quarta-feira (1º), deve ocorrer em um contexto de divergência entre o Ministério Público e a Prefeitura. É que a proposta não vai passar por nova análise do Conselho Municipal de Política Urbana (Compur), conforme sugeriu o grupo de trabalho criado…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários