Em meio à frustração com a aproximação entre Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Geraldo Alckmin (ex-tucano, sem partido), lideranças do PSOL dizem ter se animado com a discussão que o PT tem feito internamente e publicamente a respeito da revogação da reforma trabalhista no Brasil. O PSOL tende a apoiar Lula em 2022, mas enfatiza que o programa de governo do PT pr...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários