Nomeada há duas semanas para o comando do Pros em Goiás, a jornalista e cantora católica Talitta Di Martino é alvo de críticas internas e de especulações sobre influência do padre Robson de Oliveira Pereira na definição. O único deputado estadual do partido, Zé Carapô, pré-candidato a deputado federal, não aceita a nomeação e deve deixar o partido. Também interessada e...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários