A Kia Brasil  lançou o Stonic, que chega em versão única como híbrido mais barato do Brasil por R$ 149.990. O modelo é o primeiro carro da marca com o novo logotipo da montadora sul-coreana e quer disputar o concorrido mercado de SUVs compactos com o Fiat Pulse e  o Volkswagen Nivus, mas também quer os clientes do Toyota Corolla Cross, que tem porte maior. O presidente da Kia do Brasil, José Luiz Gandini,  dise que o Stonic é o início de uma nova fase da marca no país e anunciou que virão mais veículos eletrificados da marca.

O primeiro SUV compacto híbrido do mercado nacional chega importado da Coreia do Sul e é construído sob a mesma plataforma global usada por modelos como o Kia Rio, Kia Seltos  e o Hyundai Kona. Seu principal atributo é o motor Kappa de 3 cilindros, turbo GDI (injeção direta), de 1 litro, à gasolina, com sistema híbrido MHEV 48V, capaz de gerar 120 cavalos de potência e torque máximo de 20,4 kgm disponível entre 2.000 e 3.500 rpm. Acoplado a ele está um câmbio automatizado de dupla embreagem e 7 marchas.

De acordo com a engenharia, na prática, o propulsor entra no modo de condução Velejar quando em linha reta ou ladeiras. Nesse sentido, o motor a combustão é desligado e o carro passa a ser conduzido por meio da unidade elétrica. Ou seja, nada de gasto com combustível ou emissão de poluentes. Assim, Stonic tem média de 13,3 km/l na cidade e 13,2 km/l na estrada, abastecido sempre com gasolina. O consumo rodoviário é um pouco inferior porque na cidade o motor elétrico consegue atuar mais. O tanque de gasolina tem capacidade de 45 litros.

A energia cinética gerada nas frenagens é enviada para a bateria de 48V, que trabalha em conjunto com um superalternador para aliviar parte da carga de trabalho do motor. Essa bateria é composta por íons de lítio, pesa aproximadamente 15 kg e seu carregamento é feito justamente durante as frenagens. Ou seja, não é carregada em tomadas, como ocorre nos carros híbridos plug-in.

O modelo apresenta três modos de condução (Eco, Normal e Sport), permitindo ao motorista escolher a mais econômica até a mais esportiva, com respostas diretas e imediatas do motor, direção e suspensão.A propósito, o  Stonic traz novas configurações de suspensão dianteira (tipo MacPherson) e traseira (eixo de torção) que são exclusivas para o carro.

Apesar das dimensões compactas, com 4,14 m de comprimento, 1.76 m de largura e 1.52 m de altura, a cabine inteligente do Stonic proporciona espaço e conforto para todos os ocupantes, com 2.58 m de distância entre-eixos e 325 litros de capacidade do porta-malas. O tanque de combustível está localizado abaixo do banco traseiro para oferecer aos passageiros mais espaço para as pernas e posição de assento mais baixa. As rodas são de liga leve aro 17. 

Conectividade e segurança
 

O Stonic possui sistema de entretenimento com tela flutuante e sensível ao toque de 8” no centro do painel, compatível com os sistemas Apple CarPlay  e Android Auto. O conjunto reúne câmera de ré (com guias dinâmicas).  SUV vem equipado com ar-condicionado digital automático e controle frontal, volante multifuncional, computador de bordo com tela digital colorida de 4.3” com indicador de fluxo de energia, entada de USB e sistema de som. Espelhos retrovisores externos com regulagem e rebatimento elétricos, aquecíveis e com repetidores de setas integrados também fazem parte do pacote. 

No quesito segurança, destaque para os air bags frontais, laterais e de cortina, o sistema Isofix para cadeirinhas infantis, freios ABS com distribuição de força (EBD), sensor de estacionamento e assistente de partida em rampa.  

No total, são seis cores em tom único para a carroceria e outras sete em dois tons (teto contrastante). Variam entre preta, branca, amarela, azul, vermelha e mais. Pintura metálica e perolizada encarecem o modelo em R$ 2.500. Já as versões com dois tons, exigem R$ 4.300 extras. A garantia do SUV é de 5 anos (ou 100.000 km), incluindo a bateria 48V e o sistema MHEV. 

No Brasil, o Stonic é disponibilizado em seis cores – preto aurora (perolizado), cinza perene (metálico), branco claro (sólido), amarelo superior (metálico), vermelho alerta (metálico) e azul esportivo (metálico), em tom único – e sete versões em dois tons, com opções do teto nas cores preto, amarelo e vermelho. Pintura metálica e perolizada encarem o modelo em R$ 2.500,00. Já as versões com dois tons, exigem R$ 4.300 extras. A garantia do SUV é de 5 anos (ou 100.000 km), incluindo a bateria 48V e o sistema MHEV.